4 de jul de 2012

Dot Files

Usuários de Linux e Mac mais experientes sempre customizam bastante o seu ambiente. Criam alias para comandos, modificam arquivos de inicialização, configuram seus aplicativos, etc.. Tudo em prol da agilidade no dia-a-dia. Manter essas customizações atualizadas, é uma tarefa complicada. E essa complicação se multiplica quando você tem que trabalhar em várias máquinas.

A iniciativa do Github de divulgar alguns projetos dotfiles, pode ser uma inspiração para versionar todos os seus dotfiles. Aí vem a frase clichê típica desses momentos: "Como eu não pensei nisso antes?"

O nome dotfiles ("dot" significa ponto e "files" arquivos,  em inglês), vem dos arquivos ocultos dos sistemas Unix-like, que iniciam com um ponto (.bashrc, por exemplo). Pois os arquivos de configuração dos usuário, normalmente, são arquivos ocultos.

Eu, que sempre senti na pele as dificuldades de manter meus arquivos de customização, adotei a ideia rápidamente.

Neste momento o meu projeto está bem cru, mas dá pra ter uma ideia de como isso será útil no meu, e no cotidiano, de quem fizer o mesmo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário